sexta-feira, 26 de julho de 2013

Vento da Mudança



Há alguns meses, ao ir com um amigo em uma das feiras de Goiânia, fui surpreendido ao me deparar com uma banca de livros usados, que, não obstante apresentasse preços muito acessíveis, chamava bastante atenção pela variedade de títulos de autores famosos, assim como de grandes clássicos da literatura mundial. O dinheiro que eu tinha era pouco, mas fora suficiente para me garantir três livros, dentre eles, “Crime e castigo”, do escritor russo Fiodor Dostoievski. E foi neste romance do Dostoievski que me deparei pela segunda vez com a palavra “Balalaika”, e assim, num súbito, ela me levou a recordar praticamente uma década antes, a primeira vez que viajei para Goiânia.

Era uma manhã fria do outono de 2004, a primeira vez que desembarquei na capital do estado de Goiás; eu vinha para prestar um concurso da empresa que trabalho atualmente, e um dos primeiros lugares que me recordo ter ido, foi numa loja de discos que ficava na rodoviária da cidade, que também é um shopping center. Acabei levando um DVD da famosa banda rock alemã, Scorpions, um show acústico gravado em Lisboa, Portugal. E foi neste álbum que ouvi uma palavra um tanto estranha, “Let your Balalaika sing/What my guitar wants to say...” (Deixe sua balalaika falar o que minha guitarra quer dizer), nos versos da música “Wind of change”, ou, “Vento da mudança”; foi a primeira vez que me deparei com a palavra Blalaika, porém, na época, embora tenha achado a palavra diferente, não tive curiosidade suficiente para ir buscar o significado.

Foi só agora, no ano de 2013, ao me deparar novamente com a palavra na trama do escritor russo que, enfim, fui instigado a buscar saber sua origem, motivado principalmente pela lembrança que ela me trouxe. Numa pesquisa breve descobri que Balalaika é um instrumento de cordas, típico da Rússia. Tudo bem, esta era a dúvida mais simples de ser resolvida, porém, já de imediato passei a me questionar, qual significado teria um instrumento e uma palavra russa em uma canção de uma banda de rock da Alemanha?

Esta dúvida me levou novamente à canção Wind of change, ou, Vento da mudança, em bom português. Pesquisando sobre o significado da canção, acabei descobrindo algo ainda mais profundo, levando-me ao contexto em que a música fora concebida. Ela foi composta por Klaus Meine, vocalista do Scorpions, em uma das viagens da banda para apresentação em Moskva, ou Moscou, capital da Russia, em um período onde verdadeiramente um vento de mudança soprava sobre a Europa, com o fim da Guerra Fria e da União Soviética.

Wind of change é uma canção de esperança, que inspira uma união em amor a ponto de subverter o medo. Uma poesia viva e uma música com a essência de arte autêntica, verdadeira, daquelas que nascem para fazer diferença e entrar na história das pessoas! Outra informação interessante que posso relatar antes de terminar este texto, é que Wind of change foi composta em setembro de 1989, dois meses antes da queda do Muro de Berlim, na Alemanha, e até hoje é considerada um hino, um símbolo da reunificação do país. Eu ainda ouso dizer que nenhum assobio no mundo é tão conhecido quanto o da introdução da música.


Muitas pessoas imaginam que o conteúdo na arte é apenas sob o aspecto intelectual, mas, embora eu considere isso importante, não é o que define a arte plenamente, mas sim aquilo sua capacidade de expressar vida, de forma intensa e verdadeira. O vento da mudança soprou para Klaus Maine, para os integrantes do Scorpions e para milhares de europeus em 1989, para mim ele também veio naquele ano 2004, quando eu passei a conhecer não apenas uma palavra nova, ou uma cidade nova, mas, avistava um novo percurso, uma nova jornada, que até aqui tem valido a pena. Então, que as balalaicas e as guitarras toquem, que as músicas soem intensas e verdadeiras, que o vento continue a soprar e que nós continuemos, ainda no amor e na esperança.


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Leia o poema

Olá amigos!

Depois de muito tempo voltei postar aqui no nosso espaço... É, sabemos que o mundo das maravilhas e dos milagres não param acontecer em momento algum no universo. Deus rege a eternidade em todos os instantes, desde as cores até os sons, mas há momentos que Ele também trabalha o silêncio de uma forma surpreendente, e eu consigo compreender que há silêncio que comunica mais que o mais fundamentado argumento, concordam!? O fato, é que alguns algumas faíscas começam a surgir de forma muito sutil e tímida, então, eu capturei esse poema pela janela da minha sala em uma manhã de trabalho.

Ainda sem título, compartilho convosco o tempo, tecido em palavras.


Leia o poema


Leia o poema.

Leia o poema e cale-se.

Leia o poema e beba o silêncio.


Porque agora enquanto a nota dorme,

a letra corre. O som, ainda é abstrato.


Peço-te alguns segundos, até que haja sangue.

Até que o som acorde e acerte a face com fúria.

Que acerte sem medo, com amor e desespero.


Leia o poema.

Leia o poema e chore.

Leia-o e fique sem fôlego.


Porque agora, tão vivo e vibrante o som emergiu.

emergiu do grito, da febre... E de tão grande sede.

Podes ouvir, ver!? Vês o amor que reluz na aurora?


Feche os olhos e leia o poema...

Ele está dentro de ti.


quarta-feira, 20 de julho de 2011

DIÁRIO DE VIAGEM - PERCURSO

E aí pessoal, tudo bem?

Nossa viagem continua, depois da passagem pelo Paraguay e do tempo maravilhoso no Mato Grosso do Sul, chegamos no Mato Grosso-MT, estamos agora na cidade de Cáceres-MT, e ainda hoje seguiremos até Araputanga-MT. Estou postando o mapa com o percurso que nós fizemos até o momento, foram mais de 5000 km, em 13 dias de viagem. Tem sido uma experiência incrível, imagens belíssimas dos lugares por onde passamos, a alegria de rever amigos e a conquista de novos... Sempre fomos muito bem recebidos, com muita hospitalidade e alegria por onde passamos. Glorificamos a Deus por nos permitir essa experiência que tem sido incrivelmente maravilhosa.

Abraço a todos!



domingo, 17 de julho de 2011

DIÁRIO DE VIAGEM - CAXIAS DO SUL

Olá amigos!

Mais fotos! Depois de Gramado-RS, seguimos para Caxias do Sul-RS, uma breve passada na casa do meu amigo Thiago, onde fomos muito bem recebidos! Apesar de ter sido uma visita rápida, pois chegamos à noite e partimos logo ao amanhecer, foi um tempo precioso! Valeu Thiago, Jack, Yasmin, Kikit!rs. Obrigado pela noite alegre, pelo carinho, pelo amor fraternal... Deus abençoe vocês!






DIÁRIO DE VIAGEM - GRAMADO

Olá pessoal, tudo bem!?

Depois de Curitiba-PR, Blumenau-SC, Balneário Camboriú-SC e Florianópolis-SC, enfim chegamos a Gramado-RS, ou melhor, não estamos mais em Gramado, mas estou postando algumas fotos da nossa passagem por lá. Visitamos um museu de carros antigos, o museu do piano, também estava acontecendo uma feira de livros na cidade... O lugar é muito bonito mesmo. Foi uma ótima experiência! Sem contar o chalet que ficamos, no meio de uma mata, muito bacana!

Espero que curtam! no próximo post vou colocar as fotos da nossa estada em Caxias do Sul-RS e Campo Grande-RS!


Abraços!




















quinta-feira, 14 de julho de 2011

DIÁRIO DE VIAGEM - FLORIANÓPOLIS

Olá amigos!

Tudo bem!? Por aqui graças a Deus está tudo tranquilo! A viagem tem sido uma bênção, temos conhecidos lugares belíssimos, culturas diferentes, paisagens, sabores... Uma experiência maravilhosa! Hoje estou postando fotos de Florianópolis-SC, cidade incrivelmente bela também! Para Floripa eu havia programado fazer um voo de parapente, mas, devido ao vento estar num sentido desfavorável não foi possível realizar o salto. Tivemos ainda a oportunidade de visitar o amigo Thales, que nos recebeu muito bem e apesar do tempo breve foi um momento de muita alegria! Thales, valeu pela receptividade, Deus abençoe sua vida!

É isso pessoal, hoje já estamos em Caxias do Sul, na casa do meu meu brother Thiago, já passam das 06 da manhã e temos que pegar estrada para Pedro Juan Caballero, Paraguai. Em breve postarei mais fotos, da incrível estada em Gramado-RS e dos alegres momentos em Caxias do Sul.

Abraço, a gente se vê!

















quarta-feira, 13 de julho de 2011

DIÁRIO DE VIAGEM - BLUMENAU E BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Olá amigos!

Como prometi, estou postando mais fotos da viagem, desculpem-me por não escrever mais e contar mais detalhes, é que o tempo pra escrever está bem resumido. Mas, as fotos estão aí, espero que curtam, muito obrigado pelos comentários e pelos e-mails!

Em breve eu posto mais fotos de Florianópolis-SC e Gramado-RS.
Abraços!

Balneário Camboriú - SC









Blumenau - SC